Ei AMIGO! VOCÊ AÍ... QUE VISITA AQUI ... DEIXE O SEU COMENTÁRIO POR AQUI...

Ei AMIGO! VOCÊ AÍ... QUE VISITA AQUI ... DEIXE O SEU COMENTÁRIO POR AQUI...
NÃO CUSTA NADA... E FAZ UMA 'GIOCONDA' FELIZ!

TRADUZA AS FLORES...


Me Sigam as Boas Flores...

31 de ago de 2006

POEMAS DE: FLORBELA ESPANCA




















SER POETA

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino d'Aquém e d'Além Dor!

É ter de mil desejos o explendor
e não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
é ter garras e asas de condôr!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
e dizê-lo cantando a toda a gente!

FLORBELA ESPANCA
********************
Meus queridos amigos estou de volta, estou bem melhor, graças a Deus. Obrigada por todas as msgs de carinho.
Quero vos presentear, hoje com um lindo poema, da maravilhosa poetisa portuguesa Florbela Espanca, minha musa e uma mulher muito à frente do seu tempo.
Amanhã deixarei um poema meu, entretanto venham deliciar-se com este 'cheiro de amor' de Florbela.
Anna D'Castro

5 comentários:

Mônica Montone disse...

Anna, querida, muito bonito esse poema da Florbela.... O Jorge de Lima tem um que fala sobre esse tema, também, que é de arrepiar [vou ver se encontro nos meus arquivos e te mostro ;o)]

beijos

MM

Ps: Você sabe que o Fina Flor mudou de endereço, né? Que agora está aqui, no blogspot......... Passe por lá quando sentir vontade!! As portas estão e estarão sempre abertas para vocÊ ;o)

Anna D' Castro disse...

Oi Mônica, que feliz estou com tua visita.
Querida, o Jorge de Lima é mesmo um poeta de "arrepiar"...eu sou apaixonada por "Essa Nega Fulô" e tem ainda o 'camoneano' "A Invenção de Orfeu", que ele escreveu como que se fosse com a alma e pela mão de Luis de Camões.
Fico aguardando que me mostres o Ser poeta dele, que infelizmente não conheço.
Já sabia que o Fina Flor estava aqui no blogspot, já te visitei várias vezes e deixei comentários, mas volto sempre com muito prazer, é maravilhoso poder ler-te.
Aparece sempre, querida. Bem vinda.
beijos

viajante disse...

Este lindo poema foi cantado há pouco tempo na TRAVESSA LARGA. Vai voltar um destes dias em:
TRANS-ATLÂNTICO.

Kristal disse...

Lindo poema, Anna.
Espero encontrá-la recuperada.

aninha disse...

Anna, que bom saber
que estás recuperada
e pronta a nos presentear
com teus poemas!
Obrigada pela gentil
visita ao Baú.
Beijos.

Barra Lateral no seu Site Para Compartilhar as Redes Sociais








Sempre Viva... Flor Selvagem!

ARTE E BELEZA É COMO FLORES BAILANDO

Beijos floridos...