Ei AMIGO! VOCÊ AÍ... QUE VISITA AQUI ... DEIXE O SEU COMENTÁRIO POR AQUI...

Ei AMIGO! VOCÊ AÍ... QUE VISITA AQUI ... DEIXE O SEU COMENTÁRIO POR AQUI...
NÃO CUSTA NADA... E FAZ UMA 'GIOCONDA' FELIZ!

TRADUZA AS FLORES...


Me Sigam as Boas Flores...

29 de nov de 2011

MEMÓRIAS DE INFÂNCIA - "OS SONS DO SILÊNCIO DUM LUAR DE AGOSTO"


No aconchego da noite e ao luar de agosto
Gritavam os sons dum silêncio distante
Sufocando o coaxar das rãs, que com desgosto
Invejavam os morcegos em seu voar rasante

A madrugada vestida com suas amarras
Atava o pensamento num vogar profundo
Acompanhando o cantar garboso das cigarras
Que vibravam gritantes pelas memórias do Mundo.

O luar de agosto, como rezam lendas d’outrora
Veste a noite com um manto de estrelas cintilantes
Perfumando os ares com pétalas da aurora
Salpicando o madrigal com poemas brilhantes.

Os serões na aldeia eram ledo encanto
Na memória da menina que amava a natureza
O descamisar do milho no entoar dum canto
Quando o milho-rei despontava a sua beleza

No milharal o vento soprava toda a poesia
Em declarações de amor como pétalas de rosa
E os apaixonados se rendem à noitinha silenciosa
Trocando carícias com odores a maresia.

O tempo passa, mas a memória carrega o sentimento.
E ainda hoje recordo o eco dos teus passos
A fonte do teu riso e dos teus abraços
Como a charneca de flores em movimento.


Recordo os versos que te fiz na despedida
E a tua declaração de amor angustiosa e calma
O silêncio do pranto que desnudou a nossa alma
Com a promessa dum Amor p’ra toda a Vida.

By@
Anna D’Castro

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

3 comentários:

Joana Neves disse...

olá amiga querida! Brigada pela sua visita e carinho!! Acertou no dia, ontem foi meu aniversário!! Agradeço sua atenção e gentileza e não esqueça, tem presentinho para os amigos lá no blog!! Obrigada, também pelos lindos miminhos:) Entretanto, postarei na minha sala de mimos!!
Lindos os poemas!!;) Adorei este seu cantinho, também!!

bjinhos amiga! Linda 6ª feira!
Joana Neves
http://joana-neves.blogspot.com

Sonhadora disse...

Minha querida

Um poema que é um desnudar de emoções à flor da pele...uma viagem de vida vivida e sonhos por viver.
Adorei e deixo um beijinho com carinho e agradecendo as palavras lindas que me deixaste...eu estarei sempre aqui.

Deixo um beijinho carinhoso
Sonhadora

Daniele disse...

Minha dileta Anna,
soberbo este poema!
beijos,
Dani

Barra Lateral no seu Site Para Compartilhar as Redes Sociais








Sempre Viva... Flor Selvagem!

ARTE E BELEZA É COMO FLORES BAILANDO

Beijos floridos...