Ei AMIGO! VOCÊ AÍ... QUE VISITA AQUI ... DEIXE O SEU COMENTÁRIO POR AQUI...

Ei AMIGO! VOCÊ AÍ... QUE VISITA AQUI ... DEIXE O SEU COMENTÁRIO POR AQUI...
NÃO CUSTA NADA... E FAZ UMA 'GIOCONDA' FELIZ!

TRADUZA AS FLORES...


Me Sigam as Boas Flores...

29 de out de 2014

RETALHOS DUMA VIDA




Num instante só e... é já tão tarde!
O tempo é tão distante e o amor já não arde
Passou rápida e breve a mocidade
Foi ardente... vibrante... audaciosa...
Mas chegou o outono da idade
E a alma estacionou esplendorosa.

Meus olhos anoitecem já deitados
Trouxeram um  silêncio estranho...
Uma neblina na noite escura
Caminhos sombrios e tão cansados
Pedras rasgando calçadas
E a vida perdendo-se na lonjura.

Num instante só e a viagem é interrompida
A esperança é apenas uma quimera
A ilusão adormeceu na primavera
E os sonhos do passado... são retalhos duma vida!





By@
Anna D’Castro



Creative Commons License

 Todos Direitos Reservados
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Um comentário:

Natalia Nuno disse...

Sabes Ana, a tua escrita tem alguma parecença com a minha, eu sinto isso, és a mesma alma saudosa, a essência da tua poesia no fundo é também a saudade, por isso nela me revejo...
Gostei muito Ana, virei ler sempre que o tempo me deixar.

Beijinho com todo o meu carinho

Barra Lateral no seu Site Para Compartilhar as Redes Sociais








Sempre Viva... Flor Selvagem!

ARTE E BELEZA É COMO FLORES BAILANDO

Beijos floridos...