Ei AMIGO! VOCÊ AÍ... QUE VISITA AQUI ... DEIXE O SEU COMENTÁRIO POR AQUI...

Ei AMIGO! VOCÊ AÍ... QUE VISITA AQUI ... DEIXE O SEU COMENTÁRIO POR AQUI...
NÃO CUSTA NADA... E FAZ UMA 'GIOCONDA' FELIZ!

TRADUZA AS FLORES...


Me Sigam as Boas Flores...

29 de nov de 2011

MEMÓRIAS DE INFÂNCIA - "OS SONS DO SILÊNCIO DUM LUAR DE AGOSTO"


No aconchego da noite e ao luar de agosto
Gritavam os sons dum silêncio distante
Sufocando o coaxar das rãs, que com desgosto
Invejavam os morcegos em seu voar rasante

A madrugada vestida com suas amarras
Atava o pensamento num vogar profundo
Acompanhando o cantar garboso das cigarras
Que vibravam gritantes pelas memórias do Mundo.

O luar de agosto, como rezam lendas d’outrora
Veste a noite com um manto de estrelas cintilantes
Perfumando os ares com pétalas da aurora
Salpicando o madrigal com poemas brilhantes.

Os serões na aldeia eram ledo encanto
Na memória da menina que amava a natureza
O descamisar do milho no entoar dum canto
Quando o milho-rei despontava a sua beleza

No milharal o vento soprava toda a poesia
Em declarações de amor como pétalas de rosa
E os apaixonados se rendem à noitinha silenciosa
Trocando carícias com odores a maresia.

O tempo passa, mas a memória carrega o sentimento.
E ainda hoje recordo o eco dos teus passos
A fonte do teu riso e dos teus abraços
Como a charneca de flores em movimento.


Recordo os versos que te fiz na despedida
E a tua declaração de amor angustiosa e calma
O silêncio do pranto que desnudou a nossa alma
Com a promessa dum Amor p’ra toda a Vida.

By@
Anna D’Castro

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

20 de nov de 2011

EGOÍSMO


Gira o Mundo
Em torno do desconhecido
Gira o Homem
Em torno da descoberta
Gira o Amor
Em torno da aventura
Gira o Medo
Em torno do monstro
Gira a Dor
Em torno do sofrimento.

E gira o Mundo sem amor
E gira o Homem na dor
E gira o Medo no pavor
E gira o Mundo girando
Num incessante frenesi
E a Humanidade egoísta
Só gira em torno de si.











By@
Anna D’Castro

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Estarei de volta... Amanhã...




.


Anna

10 de nov de 2011

O BLOG ESTÁ EM FASE DE REESTRUTURAÇÃO...


Meus Queridos Amigos

Este meu Blog de Poesia "Flores Selvagens" já há um tempo vem apresentando problemas com o Salvar das Alterações, é uma operação que ele não está efetuando.
Já fiz várias tentativas para resolver o problema e não estou conseguindo... Já mudei várias vezes o modelo, o layont... e nada, ele não aceita a movimentação dos gadgets, trava e não salva.
POR ESSE MOTIVO vou parar um pouco com as postagens de poemas e tentar junto com o Blogger ver se consigo resolver o problema. Pois de todos os meus 5 blogs é o único com esse problema.

Entretanto irei postando no 'PALAVRAS SEMENTE' no 'RECOLHENDO FARPAS', também receitas e Dicas no 'BON APPÉTIT - PRA VOCÊ' e o 'CANTINHO DOS BICHANOS', também terá as suas publicações. Apareçam nestes meus Cantinhos e deixem os vossos comentários.

Logo que consiga resolver este problema voltarei a postar "POESIA" e darei notícias também sobre o Blog...

Aguardo a vossa presença e as vossas palavras, nos meus outros Cantinhos.
Não deixem de me visitar pois a vossa presença é-me imprescindível.
Cada um de vós é insubstituível no meu coração.

Beijos em cada coração amigo e 'até logo'

Anna D' Castro

Barra Lateral no seu Site Para Compartilhar as Redes Sociais








Sempre Viva... Flor Selvagem!

ARTE E BELEZA É COMO FLORES BAILANDO

Beijos floridos...