Ei AMIGO! VOCÊ AÍ... QUE VISITA AQUI ... DEIXE O SEU COMENTÁRIO POR AQUI...

Ei AMIGO! VOCÊ AÍ... QUE VISITA AQUI ... DEIXE O SEU COMENTÁRIO POR AQUI...
NÃO CUSTA NADA... E FAZ UMA 'GIOCONDA' FELIZ!

TRADUZA AS FLORES...


Me Sigam as Boas Flores...

10 de jun de 2015

INJUSTIÇA


INJUSTIÇA

Quando o amor é demais                                                          
Não é justo dizer.

Quando a dor é demais
Não é justo gritar.

Quando o horror é demais
Não é justo sofrer.

Quando a guerra ataca
Não é justo morrer.

Quando a criança chora
Não é justo deixar.
Quando o pai não tem pão
Não é justo acontecer...

E vem o pranto sem lágrimas
O grito sem razão
A palavra trancada
Dentro do coração

E a injustiça dos homens
Que nunca pede perdão
A todos os inocentes
Que sangram descompaixão.

By@
Anna D’Castro


Creative Commons License

 Todos Direitos Reservados
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

REPOUSA EM MINHAS MÃOS... A SAUDADE!


REPOUSA EM MINHAS MÃOS... A SAUDADE!


Guardei em minhas mãos todos os espaços...          
Mas sabe-me a pouco o muito que vejo
Meu corpo divaga entre ironias e cansaços
Com saudades da minha terra e do meu Tejo...

Os sonhos... os desejos... são arte... são vida...
A arte sonha com sentimentos e desejos...
Os desejos sonham com o Amor sem despedida
E o Amor divaga no calor duns doces beijos...

Guardo em minhas mãos tantos anseios...
Quantas lágrimas amargas lavam meus seios...
E quanta dor de amor... de tanta maldade...

Pudesse eu abraçar o mundo com os teus braços
Que já abraçaram com tanto amor a felicidade...
E agora em minhas mãos repousa só a saudade!...



By@ Anna D’Castro


Creative Commons License

 Todos Direitos Reservados
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Barra Lateral no seu Site Para Compartilhar as Redes Sociais








Sempre Viva... Flor Selvagem!

ARTE E BELEZA É COMO FLORES BAILANDO

Beijos floridos...